• Por: Maria Rita Werneck

Europe emociona plateia do Rockfest com sucessos dos 80'


Pouca gente sabe, mas a controversa “The Final Countdown”, cartão de visita da banda Europe, surgiu para ser abertura dos shows dos suecos e só entrou no primeiro disco dos caras por insistência da gravadora e do vocalista Joey Tempest. Hoje, ela encerra, triunfalmente, a apresentação da banda, assim como aconteceu ontem (21), no Rockfest. Depois de 33 anos de lançada, a canção que já foi escolhida em uma pesquisa gringa como a segunda pior música dos anos 80, fez todo mundo pular e cantar a plenos pulmões o refrão e, claro, o (paranranran).

Sorte do público paulistano que não ficou sem o maior sucesso da banda; contrário do que aconteceu em Curitiba. Devido a um dilúvio, a apresentação teve que ser interrompida e pela primeira vez, em 33 anos, The Final Countdown não foi tocada em um show do Europe.

O mesmo clima se repetiu quando as primeiras notas românticas de Carrie saíram dos teclados de Mic Micheli. Prontamente, o Allianz Parque foi iluminado por celulares e invadido por um coro que calou o vocal Tempest por alguns minutos.

Joey Tempest sua voz continua a mesma, mas os seus cabelos...quanta diferença

O líder do Europe continua com uma presença de palco incrivelmente enérgica. Tinha momentos que até me lembrava o Jon Bonjovi dos anos 90 devido às coreografias imitando movimentos de boxe. Ah! Não podemos esquecer de mencionar que a velha mania de fazer acrobacias com o pedestal do microfone ainda se mantém firme. No entanto, o que chamou atenção mesmo foi a extensão vocal que ele ainda sustenta.

Para essa turnê no Brasil, a banda veio com sua formação original: além de Tempest, John Norum (guitarra), John Levén (baixo), Mic Michaeli (teclados) e Ian Haugland (bateria). No auge dos 40 anos de carreira, os suecos esbanjaram excelentes momentos na apresentação, como Scream Of Anger.

Ainda no início do show, Joey fez questão de dizer que estar no Brasil ao lado de artistas como Whitesnake, Helloween e Scorpions era grande. Para eles que decidiram começar a tocar depois que viram um show da tour Lovedrive da banda de Klaus Meine deve ser bastante surreal abrir para os ídolos, mesmo depois de 40 anos de carreira.

Musicalmente, o Europe não deixou a desejar. Todos estavam firmes em suas posições e para os fãs mais aficcionados, as tonalidades pareciam não ter sido alteradas para facilitar a parte vocal. Ao todo foram 10 canções apresentadas, sendo a maioria do primogênito, The Final Countdown.

#Europe #thefinalcountdawn #carrie #rockfest #screamofanger #metaleuropeu

15 visualizações0 comentário
© ROD - Todos os direitos reservados
Canva_yellow.png