• Maria Rita Werneck

Roger Waters participa com Lula de ato pelo Dia do Trabalho

O momento não é de festa nem de comemorações, mas sob o tema " Saúde, Emprego e Renda em Defesa da Democracia - Um Novo Mundo é Possível", a tradicional celebração sindical pelo Dia do Trabalho , realizada pela CUT, acontecerá, nesta sexta-feira .


Sem aglomerações e através do canal da TVT no Youtube, todos poderão assistir a live (das 11h30 as 15h) que terá a participação de grandes nomes da música brasileira, como Chico Buarque (mandará uma mensagem), Chico Cesar, Otto, Fernanda Takai, Zélia Ducan, Francis e Olivia Haime, entre outros nomes de peso.


Do lado político, quem confirmou presença foram os ex-presidentes Luis Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso, a ex-Ministra Marina Silva e governadores de alguns estados, além do presidente do STF, Dias Toffoli.


Quem também participará da live com um video pré-gravado é Roger Waters. O ex-Pink Floyd cantará "We shall Overcome", música que marca a luta americana pelos direitos civis. O artista é conhecido para além do trabalho musical principalmente por causa do seu militarismo pela garantia dos direitos humanos e fim da exploração social e violência contra as minorias.




Em 2018, em pleno o olho do furacão das eleições presidenciais no Brasil, Waters esteve no país em turnê e se viu apedrejado nas redes sociais por levar aos seus shows protestos pela morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Souza, assim como pediu resistência contra políticas neo-fascistas.


Gritos #elenao ecoavam pelos estádios onde se apresentava.


Vale lembrar que recentemente ele gravou o hino chileno "El Derecho de Vivir em Paz", composto por Victor Jara, em 1971. Nessa versão do inglês, ele menciona os panelaços contra o atual presidente do Brasil.





12 visualizações0 comentário
© ROD - Todos os direitos reservados
Canva_yellow.png